Consequência da inalação do tabaco

Consequência da inalação do tabaco

Antes o incômodo fosse apenas o cheiro forte impregnado nas roupas e no cabelo. Mas os problemas são muito mais graves para quem é obrigado a conviver com a fumaça do cigarro dos outros. O fumante passivo corre tantos riscos quanto o dependente em tabaco. Muitas vezes até mais do que o próprio fumante. Não importa quem acendeu o cigarro, o que interessa é quem inalou a fumaça. 
Reações como tosse, irritação nos olhos, dor de cabeça, coriza, agravamento de doenças respiratórias e náuseas são os chamados sintomas de curto prazo para os fumantes passivos. 
Mas o maior perigo está na inalação crônica da fumaça do cigarro. Tanto fumante ativos quanto passivos tem risco aumentado de câncer de pulmão, câncer de laringe, câncer de boca, câncer de esôfago, infarto do coração, derrame cerebral, enfisema pulmonar e bronquite crônica. 
Se você é fumante, pense que você coloca em riso não apenas a sua saúde, mas também a das pessoas que estão a sua volta.

Share this post